DO NINPŌ AO NINJUTSU

Tudo é alquimia, mudanças, transições, progressos, regressos, encontros e desencontros. Nossa Arte Marcial é antiga e cheia de sabedoria. Depende de nós tomar a essência, a ideia principal é Kaname e aplicá-lo para benefício dos seres que nos rodeiam e claro, de nós mesmos. Aqui está um trecho do livro “Ninpō, sabedoria de vida“, de Hatsumi Sensei.

DO NINPŌ AO NINJUTSU - Por Sōke Masaaki Hatsumi

O Ninpō como treinamento começou a converter-se em um princípio que a gente tem que se manter em qualquer situação social que nos encontramos; em conhecer e aceitar nosso destino, a viver para os seres humanos e para todas as outras criaturas. A pessoa que é capaz de adquirir maestria em tudo é um Ninja.

Há casos de pessoas mesquinhas que perdem bom senso para se manter a par de nosso mundo que está sempre em mudança. Estas pessoas se esquecem de perseverar ou se tornam presunçosas com seus talentos e técnicas, ou estavam obcecadas em se destacar na sociedade. Vou explicar o Ninjutsu prático. Se chama Tongyo No Jutsu.

Cada Ton (método de evasão) tem um lado Omote (externo) e um Ura(interno). Por exemplo, como a madeira, o fogo, a terra, o metal, a água são pontos externos, “se correspondem com as pessoas, os pássaros, a terra, os animais, os insetos e os peixes” como pontos internos. Outros Ton são o céu, a Terra e o homem. Há um total de 30 métodos diferentes. Isto implica que o Ninja pode usar qualquer coisa para o seu benefício.

Tongyo se chama Tonkyo no Budismo. Quando usa Tongyo, há de ter um aguçado sentido de intuição. (Tonkyo significa alcançar o Nirvana sem treinamento básico). Uma pessoa que deseja isto deve cantar as conjurações mágicas de Kuji e do Juji (9 palavras ou 10 palavras).

O Ninpō também se chama Nigeru Jutsu (método de escapar), mas nunca significa escapar recuando, mas exatamente o contrário, como um símbolo de valentia e coragem. Tanto Kusunoki Masashige como Mao (Tse Tung) ganharam no final correndo e se escondendo de uma situação. Agora, vamos começar apresentando os métodos de Suiton No Jutsu.

SUITON NO JUTSU

O Suiton No Jutsu usa as características da água como material especial para ganhar vantagem. Primeiramente, o método de natação de Suiton se chama Aori-Hira. A prática começa com aprender a nadar sem fazer barulho. Claro que há um método para fazer barulho intencionalmente, para atrair a atenção do inimigo. A próxima lição envolve nadar sob várias condições, como entre troncos, com nevoeiro, chuva ou neve.

Então a prática continua a aprender a andar sobre a água. Isto envolve caminhar sobre escadas ou postes sob a água, de fato, parece algo mágico ou milagroso. Há uma maneira de enganar aos olhos do inimigo quanto a profundidade da água usando um Mizugumo (ferramenta que recebe o nome de aranha d´água), que consiste de uma bolsa feita de pele de cavalo. Eu achava que se tratava de uma invenção japonesa, mas descobri que os soldados assírios usavam uma pele de carneiro para executar um ataque surpresa contra seus inimigos.

Também quando você mergulha na água, respira por um bambu curvado de uns 122 centímetros de comprimento. Usam objetos como o Hasamibune, bambu, cana, troncos, Tsuzura (uma planta), barris, balsas, botes para flutuar na água. Há um sistema maravilhoso chamado Shinobigai. Se fazia com um conjunto de bambu com um peso atado. (Usado para remar).

Em geral, os humanos sã propensos à satisfação de seus desejos. Dizem que há 84.000 tentações para nós. Por tanto, deve haver 84.000 maneiras de Suiton No Jutsu para evitar de se afogar. (O duplo significado sugere o afogamento na água e nos desejos pessoais).

MOKUTON NO JUTSU

Estes métodos envolvem se esconder atrás das árvores, cortar madeira e fazer barulho com os ramos para atrair a atenção do inimigo.

Em Togakure Ryū usam Ryuton No Jutsu (métodos de escapar do dragão): Escalar as árvores usando Tekagi/Shukō (garras de mãos) ou Ashikagi/Ashikō (garras dos pés). Há também o Ippon Sugi Nobori No Jutsu (métodos solitários de escalar o cedro). Há também uma maneira de fazer o Mokuton (evasão da madeira) usando Kama Yari (lança com foice) ou Shinobi Nawa (corda). Diziam que o herói legendário Sarutobi Sasuke também usava Shinobi Nawa para escalar árvores.

Já ouviu falar do pergaminho chamado Ryūko?
Ryū (dragão) simboliza a vitória e Ko (tigre) simboliza a habilidade de sentir o inimigo.

Os Ninjas eram chamados de “corvo de 3 patas”. Isto significa que corriam rápido, sua pata extra era forte e suas mãos eram rápidas. Também podiam perceber o perigo antes de acontecer e podiam evitar danos potenciais. Estes são os 3 pontos básicos do Tongyo: Ter clareza e habilidade, ter pernas rápidas e ter maestria em Bō Jutsu.

KATON NO JUTSU

Quanto a relação entre os humanos e o fogo, eu acredito que a resistência humana tem diminuído desde que começamos a cozinhar com fogo. Quando se pensa no isqueiro a gás, você percebe que antes as pessoas usavam Hiuchi Ishi (golpear rochas para criar fogo), agora usam isqueiro. Se você considerar o fogo do isqueiro como “um fogo novo” e se comportar de maneira infantil, poderá se queimar.

Neste ponto, os animais conhecem o perigo do fogo melhor que os humanos. Parece que as pessoas não entendem os sentidos primitivos das pequenas criaturas. O fogo é a paixão da vida. As primeiras lições de Katon começam com Do No Hi. Um Uchitake (aperto de mãos) se usava para colocar fogo nas folhas caídas ou Shoji (portas de proteção), enquanto o Ninja estava escondido atrás delas.

Há muito tempo existia uma técnica misteriosa chamada Onibi, que consistia em levar uma máscara de demônio e cuspir fogo pela boca através de um tronco de bambu.

A continuação das lições de Katon começam com o uso da pólvora. Então há o Ōzutsu (canhão de madeira), Hozutsu (bazuca de madeira), Sodezutku (pistola de bambu), Totetsu Hō (granada), Umebi (mina), Bakuhatsuya (foguete), Higurumaken (Shuriken envolvido com pólvora), Kaen Kusarigama (Kusarigama bomba).

Os Ninjas usam a pólvora não somente pelo seu poder explosivo, mas também usam para uma categoria especial, produzir muita fumaça, que pode mudar de cor ou que pode misturar com veneno. Usam fumaça de 7 cores para sinalar uns aos outros há uma certa distância. Além disso, os Ninjas sabiam como fazer fogo usando água de abóboras escondidas. Isto se chamava Tsuri Hozuki.

DOTON NO JUTSU

Há armas nucleares em todo o mundo, muitos países estão desenvolvendo tais bombas. Na Suécia tem um refúgio nuclear para usar em caso de ataque nuclear. Se for necessário, se esconderão debaixo da terra.

Para os Ninjas, o Doton (evasão da terra) significa se esconder debaixo da terra, de pedras ou debaixo grandes rochas. Os Ninjas também usavam rochas, pedras e areia para atacar os olhos e corpo do inimigo. O Otoshima (buraco de armadilha) é também uma classe de arma.

Às vezes o Ninja se escondia em um buraco. Baken Doē uma rocha vazia feita de argila e folhas caídas a qual o Ninja entrava. Cavava túneis debaixo desta rocha e usava Datto No Jutsu (escapar como um coelho) para desaparecer. Confundiam seus inimigos com o som de passos ou com uma grande diversidade de pistas, usavam Wari Ashi ou faziam com que suas pegadas parecem de um animal.

Quando não faziam Warashi, davam uma cambalhota de maneira que só seus calcanhares deixassem pegadas. Podiam usar Doton com as mudanças de ventos ou com o pó para desaparecer. Se pode usar em conjunto de muita chuva. Assim, moldavam cada Tongyo com outros fatores para reforçar seus efeitos. Improvisavam. Há outros Doton No Jutsu que incluem Kunai (arma similar a uma faca).

KINTON NO JUTSU

Esta técnica concentra-se no uso da luz refletida nos olhos ou de sons contra os ouvidos dos inimigos. Era usada para chamar a atenção do inimigo o seduzindo com ouro e tesouros. Podia envenenar o inimigo com substâncias metálicas. Antigamente os espelhos não eram feitos de vidro, mas de metal. O Ninja os usava para cegar seus inimigos refletindo a luz do Sol ou para enviar sinais. Escondido, podia usar para ver o reflexo de um inimigo. Também usavam como armas ocultas.

Os humanos tem fraqueza por ouro e tesouros. Dicho Bushi foi chamado de “oficial imundo”.

Durante a Idade Média européia, os cavaleiros colocavam diamantes em suas armas para evitar o veneno. (Superstição de que os diamantes captam umidade quando se aproximam do veneno). O Ninja tinha uma superstição parecida com o coral, já que o coral se corrompe quando se aproxima do veneno.

Os Ninjas também usam “palavras de ouro” (elogios) como truque; sabiam da química e manipulavam os sentidos humanos.

KUNOICHI

As mulheres também usam o sexo como uma arma secreta. Elas usavam sua feminilidade para cegar os oponentes masculinos, para destruir os Suzus (cinturões) de seus inimigos, usavam suas habilidades únicas para tecer a ilusão e a realidade lamentavelmente de seus adversários.

Há 48 まんこの術 Manko No Jutsu (arte da vagina). 48 significa tudo, desde uma boa espada (Meito) até qualquer boa arma (Meiki), são palavras que pessoas comuns usam. De todas formas, os Ninjas usavam qualquer tipo de espada ridícula ou arma ridícula, igual ao Kobo Daishi (sacerdote famoso conhecido por sua bela caligrafia), não se preocupava com o tipo de pincel que usava.

As Kunoichi também sobressaíam nas técnicas de solo (sexo). Estavam bem proficientes sobre uma infinidade de técnicas sexuais e sabiam mais que a maioria das terapeutas modernas. Um espião inglês e Richard Sorge afirmavam que as mulheres não eram boas espiãs. No entanto, mulheres como Mata Hari e Keeler atuaram bem como Kunoichi. Uma Kunoichi não pode ser histérica ou excessivamente emocional. Elas devem ter um forte poder Kage (oculto). O Kage também significa “parte oculta, sombra”.

CHOYAKU JUTSU

Esta frase expressa a habilidade de se afastar rapidamente de seu inimigo. O Shinobi aprende Tobi Roppō (saltos em 6 direções) e com estas lições, deve ser capaz de saltar em qualquer direção. O termo Kyushaku Takatobi (salto de 9 pés de altura; 2,75m) vem da antiguidade, quando o 9 era considerado o número mais alto. Portanto, isto significava saltar o mais alto possível. Além disso, Habatobi Sangen significa saltar com o tempo e o ritmo de um, dois e três.

Há várias maneiras de praticar o salto alto. Por exemplo, um Ninja plantava sementes de linho ou brotos de bambu e saltava por cima deles todos os dias à medida que cresciam. De qualquer forma, a capacidade de saltar de um ser humano não tem limites. Portanto, os Ninjas inventaram formas de saltar mais alto usando o Bō, a espada Shinobi (Ninja-Tō) ou uma longa escada. Cada Ryū-Ha desenvolveu seus próprios métodos especiais.

Os Ninja haviam usado uma escada especial para entrar nas casas a partir de uma árvore. Em vez de saltar os muros, a espada Shinobi era usada para espiar por cima dos muros colocando um pé na bainha da espada.

Há uma técnica pouco comum de saltar para os lados, como voar. Os Ninjas a usavam para o Shinobi Gaeshi. Este salto foi inspirado pelos animais, em como saltavam para os lados.

O Ninja usava uma escada feita de cabelo de mulher. Esta corda de cabelo era forte suficiente para aguentar 5 homens pesados pendurados nela. A palavra Himo (chulo), com o sentido do homem que vive dos ganhos de uma mulher pode ter originado da ideia desta corda.

Dizem que o Ninja podia voar com uma grande pipa, mas isso não é verdade. O Ninja colocava um boneco em uma pipa para parecer como se fosse ele que estivesse voando. Os Ninjas treinavam na arte de parecer super humanos, como se realmente fossem algo mais que simples mortais. Eles adquiriram maestria nestas técnicas engenhosas.

       

Deixe um Comentário

ASSUNTO

 

POINT MERCADO PAGO

 

POINT MINI

 
Compre por aqui e ganhe um desconto.

MINI CHIP

 
Compre por aqui e ganhe um desconto.

POINT PRO

 
Compre por aqui e ganhe um desconto.

Facebook

 

Publicidade

 

Invista em criptomoedas na maior corretora do mundo!

Endereço

 

Rua Pedro José Lorenzini, 320
Centro
São Caetano do Sul – SP
(ver mapa)

Dias e Horários das Aulas:
Sábados: Das 16:30 às 18:00

028485
Visitantes Hoje : 39
Visitantes Ontem : 35
Esse Mês : 966
Esse Ano : 3363
Seu IP : 44.197.231.211
pt_BR
Menu
Social
error: Conteúdo Protegido!!!
Achou que ia ser fácil roubar de um site de Ninja?!