SHINMURYŌ DŌJŌ

Verdade, realidade.
Sem.
Quantidade; medida; peso.

Bujinkan Shinmuryō Dōjō. Pode ser traduzido como: “Local de Treinamento da Verdade Imensurável”.
Na saudação, repetimos a frase Shikin Haramitsu Daikōmyō, indicando a referência Daikōmyō para esta grande luz brilhante que ilumina tudo. Assim, buscamos através da prática, despertar a grande luz dentro de nós, a luz da verdade.
Aquela luz que vem da grande luz dos ensinamentos do Sōke Masaaki Hatsumi e dos ancestrais das nove escolas.

Shinmuryō é o conhecimento correto imensurável, ou seja, não tem medidas ou impedimento, não tem peso, não tem quantidade, é contínua e abrangente, indo além de qualquer medida da mente.

A verdade do Budō conecta o Céu, a Terra e o Ser Humano, estes três aspectos podemos chamar de Sanshin.

A verdade é a realidade que encontra o seu caminho como uma luz nas trevas da ignorância. Vivemos em um mundo ilusório e como artistas marciais, abrimos nossas mentes e nossos corações para o conhecimento através dos ensinamentos verdadeiros da Bujinkan. Esses ensinamentos não tem medidas.

Shinmuryō também é um dos 37 nomes do Buda Amitabha, é um Buda celestial descrito nas escrituras da escola de budismo Mahayana (Mikkyo). O Buda Amida é o coração da fé e da prática budista Shin. Primeiro revelado pelo Buda histórico há 2.600 anos, o nome deriva do antigo sânscrito Amida, Amitabha ou Amitayus, o significado da vida e luz incomensurável ou unidade. A palavra Amida é a personificação ou símbolo para indicar a dimensão misteriosa e transcendente, que é “não nascer, não criar e sem forma”, também conhecido como Dharmakaya, o Shunyata (vazio), a única vida, a grande compaixão da natureza de Buda. Como dito acima, Amida é a personificação ou símbolo da realidade transcendente e deve ser entendido que esta dimensão está além da palavra e da ideia de Amida. Pode se dizer que é o veículo que nos permite experimentar essa dimensão incompreensível de nossa verdadeira natureza.

Entendida como um símbolo da verdade universal (Dharma), Amida simboliza a força da vida sem nome que cuida de nós ou a verdade que nos rodeia e permeia trabalhando incansavelmente para despertar para a realidade como ela é: o Nirvana. O consideramos como a grande mãe que oferece amor incondicional e compaixão universal que nos assegura que a libertação espiritual é para todos. Essa energia viva do amor e compaixão, ninguém é deixado para trás para sofrer intermináveis ciclos de nascimentos e mortes, e não há inferno eterno nem apocalípticos. Pelo contrário, por causa de seu amor incondicional e compaixão, o Buda Amida liberta todos os seres que como eles são.

Buda é um termo que significa algumas coisas: em primeiro lugar, é qualquer ser que tenha despertado para a dimensão do infinito, em segundo, a natureza mais profunda de todas as coisas que lhe falta o eu egocêntrico e, então, naturalmente reside a equanimidade e paz, e em terceiro lugar, a nossa realidade, o potencial e destino.

Budō é uma forma de inteligência e de sentimentos, a estratégia dos passos em seu treinamento, são aqueles que podem levá-lo para o céu (Ten) ou inferno (Jigoku).

O oculto é a URA da vida, e o oposto do coração é o OMOTE do teu ser. Ambos são importantes como 虚実転換法 Kyojitsu Tenkan Hō, mas acima de tudo, o equilíbrio é o que faz a humanidade (Jin) andar na estrada Bugeisha.

Christian J. Petroccello
Tenryū Den, 21 de fevereiro de 2010, ano do tigre.

Facebook

 

Publicidade

 

Invista em criptomoedas na maior corretora do mundo!

Endereço

 

Av. Dr. Augusto de Toledo, 461
Bairro Santa Paula
São Caetano do Sul – SP
(ver mapa)

Dias e Horários das Aulas:
Sábados: Das 16:30 às 19:30

070560
Visitantes Hoje : 556
Visitantes Ontem : 589
Esse Mês : 4687
Esse Ano : 20843
Seu IP : 3.238.181.138
pt_BR
Menu
Social
error: Conteúdo Protegido!!!
Achou que ia ser fácil roubar de um site de Ninja?!